Resenha de Livros

Tudo sobre os mais variados livros, literatura e escritores.

Império romano antigo

Marco Aurélio (121-180 DC) foi um homem único no seu tempo: filósofo e imperador.

O livro foi escrito pelos anos 180, provavelmente por outra pessoa. É interessante o fato de que a obra não foi escrita para outras pessoas, mas para ele mesmo, como reflexões. Mais tarde, o título viria a ser “Meditações”, nome atual.

Muito além da filosofia, o livro é uma aula sobre história. Principalmente sobre mitologia grega. Citações incluem, por exemplo, as moiras (Cloto, Láquesis e Átropos), numa analogia linda sobre a vida, com cada uma das irmãs responsáveis por uma parte do fio da vida (início, meio e fim).

O livro possui diversos capítulos, com pensamentos alternando entre um parágrafo até algumas páginas. Os temas são: a vida feliz, aceitar a morte, não esquecer do “hoje” e da natureza, prezar pela paz e tranquilidade, questionar a fama e atos heróicos (vaidade?).

Sobre a vaidade: “[...]E para concluir esta reflexão: o que seria até mesmo uma memória eterna? Mera vaidade, nada”.

Sobre o excesso de ocupação: “'Ocupe-se de poucas coisas', aconselha o filósofo, 'se quiser viver tranquilo'”.

E finalmente, uma frase que cai bem nos dias de hoje, sobre olhar para a vida dos outros: “[...] não desvie seu olhar para as depravações morais daqueles que o cercam, mas foca todo o seu ser em seguir adiante, pela via reta”.

#3 Nome: Meditações (Meditations) Autor: Marcus Aurelius Ano de lançamento: 170 – 180

Homem na beira de um lago sentado

Bem-vindo ao mundo do estoicismo! Você vai amar. Quando eu comecei a ler sobre esse tema, me impressionei. Encontrei uma escrita razoável e atual. Os assuntos principais são: meditação, tolerância e não-sofrimento.

O título já denuncia: um ensinamento diário de estoicismo, iniciando com uma citação de um filósofo estoico (~2 mil anos atrás), sendo os principais Epiteto, Marco Aurélio e Sêneca.

Pasmem, as ideias são ATUALÍSSIMAS! A seguir, os dois autores discutem e esclarecem as ideias, contextualizando e fazendo uma reflexão sobre a atualidade.

Os principais temas são auto controle, razão e sofrimento. Talvez uma descrição breve do estoicismo possa ser o seguinte: aceitar o que não se pode modificar, para evitar sofrimento.

Cada texto corresponde à um dia do ano, com o tamanho de uma página do livro. Com tal facilidade, pela independência e tamanho reduzido dos textos, a vontade de ler só aumenta.

Recomendadíssimo, ótimo livro e reflexões atuais. cito algumas frases fantásticas do livro:

  • “O mesmo é valido para a raiva – de fato, é verdade para a maioria das emoções. Elas são combustível tóxico. Há muito dela no mundo, sem dúvida, mas não vale o custo que vêm com ela.
  • “Pense antes de agir. Pergunte: quem está no controle aqui? Quais princípios estão me guiando? *

#2 Nome: Estoicismo Diário (The Daily Stoic: 366 Meditations on Wisdom, Perseverance, and the Art of Living) Autor: Ryan Holiday e Stephen Hanselman Ano de lançamento: 2016

Descubra a verdade sobre empreendedorismo, startups e arte de ganhar dinheiro

Executivo caminhando na rua com pasta

Eu amo o @startupdareal. Sabe aquelas pessoas que sempre falaram o que você pensava, mas não via em nenhum lugar alguém levantando este assunto?

Um pouco sobre o autor: ele tem um perfil anônimo no Instagram, Twitter e Medium, uma carreira em startups e também na área de empreendedorismo. Um sucesso meteórico na internet.

O livro é semelhante aos comentários nas redes sociais dele. Direto ao ponto, sem rodeios.

Sendo sucinto, o livro aborda assuntos sobre: como narrativas irreais e mitos são criados, porque a faculdade ainda é muito importante, como a romantização de trabalhar ao extremo pode te fazer mal, a visão da produtividade sob diversos aspecto, entre outros.

O assunto do momento, empreendedorismo e produtividade, não são demonizados. Há apenas uma clarificação de que conceitos (às vezes ingênuos) podem ser muito prejudiciais, pois apresentam riscos invisíveis, como por exemplo abrir uma empresa sem ter à quem recorrer em caso de falência.

O principal ponto do livro, eu diria, é o confronto de afirmações, predominantemente sobre empreendedorismo – amplamente divulgadas, com estatísticas de diversas fontes – governos, ONGs e estudos.

É um livro fantástico para entender um pouco mais desse mundo tão novo, fascinante, mas também com problemas – das startups e do empreendedorismo.

Para ler mais sobre o autor do livro, as redes sociais dele são: Twitter Medium

E como bônus por você ter chegado até o final deste artigo, algumas indicações de livros dele: Indicação de livros


#1 Nome: Este livro não vai te deixar rico: Descubra a verdade sobre empreendedorismo, startups e arte de ganhar dinheiro Autor: Startup da Real Ano de lançamento: 2019

Império romano antigo

É com muita alegria que começo esse post dizendo que ter um blog sempre foi uma vontade muito grande.

Neste cantinho minimalista e intimista, pretendo mostrar o meu ponto de vista do mundo, com resenhas sobre livros que li, textos sobre autores e atualidades diversas.

Sou curioso, inquieto. Os livros me atraem, porém a correria do dia a dia e a procrastinação acabaram por adiar este projeto.

Mas a boa notícia é: o primeiro passo foi dado hoje! \o/

Chegue, pegue uma cadeira e sente-se, sinta-se em casa. :)